O Pensamento Visual não é um fenômeno gráfico, é um fenômeno biológico

Atualizado: 1 de Out de 2018

E não sou apenas eu quem pensa assim. Se você procurar na Wikipedia, vai encontrar algo parecido: “Visual Thinking is the phenomenon of thinking through visual processing.” Ou seja: o fenômeno de pensar através de processos visuais.


O processo de pensar visualmente tem início em caminhos físicos, desencadeado pela conversão de fótons de luz em sinais elétricos, que atravessam a retina, percorrem o nervo ótico e são levados diretamente para áreas específicas em nosso #cérebro, formando assim imagens em nosso plano mental, através de um emaranhado e complexo sistema entre corpo, #percepção e #consciência, como você pode conferir neste belíssimo trabalho sobre El Camino de la Visión.

Muito mais que um fenômeno gráfico

Com essa frase, quero dizer que: antes de olharmos e nos preocuparmos com a forma como nos comunicamos, seja ela gráfica, escrita ou verbal, devemos atentar para a forma como são configurados os processos da nossa percepção e como a visão constitui um importantíssimo papel para nos orientarmos no mundo.

Mesmo possuindo suas estruturas muito bem descritas no plano físico, a visão ainda é um fenômeno que ocorre de forma misteriosa para a ciência até hoje. E uma razão para isso é o fato de que, o sentido e o significado daquilo que vemos pertencem a um plano metafísico, isto é: o plano da #imaginação e da percepção abstrata.

Esse processo de pensar visualmente é, antes de qualquer outra coisa, um fenômeno biológico. Pois tem a ver com a capacidade natural que temos de olhar o mundo ao nosso redor, enxergar relações entre as coisas que vemos, imaginar possibilidades e comunicar nosso entendimento a partir do que percebemos. Algo que ocorre constantemente, rapidamente e, principalmente, naturalmente!

As 4 etapas do Pensamento Visual

A imagem acima é um extrato do livro Desenhando Negócios, do autor Dan Roam, e representa de forma bastante simples esse processo. As quatro etapas do Pensamento Visual tornam visíveis algo que é tão natural e intuitivo, que nem sequer percebemos como fazemos. A razão disso é que esse processo ocorre de forma inconsciente em nosso dia-a-dia.

Por isso, conhecer e familiarizar-se com esse processo, a fim de poder trazê-lo para a nossa zona consciente pode ser algo extremamente poderoso e valioso para a vida! Afinal, tomar consciência de processos biológicos costuma despertar mudanças radicais nas pessoas.

Ou, colocando isso de outra forma:

Tomada de consciência do Pensamento Visual & Empoderamento Criativo

Ou seja: essa tomada de #consciência influencia diretamente no estado de #empoderamento_criativo do indivíduo, que é uma das bases do trabalho que venho desenvolvendo com Pensamento Visual. Empoderamento criativo significa dizer que:

Criatividade não é um dom, é uma habilidade.

Logo, podemos aprendê-la, treiná-la e desenvolvê-la. O Pensamento Visual auxilia na tomada de consciência e na elaboração desse processo, trazendo-o da zona do inconsciente para a zona consciente, dando assim: #forma, #sentido e #direção a esse processo tão abstrato e misterioso da criatividade. E o melhor, de um jeito simples!



Meu trabalho, com #PensamentoVisual consiste em auxiliar pessoas a despertar para esse #potencial e guiá-las através de possibilidades para aplicar ferramentas de #visualização de informação no #dia_a_dia. Seja no contexto empresarial, educacional, em eventos

Pensar visualmente pode criar novas formas de enxergar as coisas. Assim, qualquer questão pode ficar mais clara com a criação de desenhos. @Sidan Orafa

Conheça mais sobre essa abordagem aqui.


73 visualizações

"Só

encontramos

o mundo

que procuramos"

© SidanOrafa, 2017. Feito com intenção, atenção e atitude.